quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Entre o céu... - Rita Padoin


Entre o céu e o mar paira o silêncio
Na linha que quebra a imensidão horizontal
A lúgubre rapta o resto do dia
A noite abocanha o momento

O silêncio rompe a madrugada
Aos sons evocados do amor
As palavras soltas misturam-se
Diversificando os sinônimos apaixonados

A noite despede-se lentamente
O clarão invade o resto da madrugada
Que silenciosamente adormece
No leito da mãe natureza...

3 comentários:

Anônimo disse...

Nossa, que linda poesia, Rita, verdadeira melodia que vai direto ao nosso coração.
Parabéns!
Lílian Manara

URUSSANGA SC disse...

Obrigada. Fiquei muito feliz e emocionada com o seu comentário.
Beijo no seu coração
Rita

Carlos disse...

Gostei de sua poesia,entre o céu e o mar, poetas e poetisas buscam inspirações-Carlos