segunda-feira, 31 de outubro de 2011

ATA DE EVENTOS DO MÊS DE OUTUBRO DA ASSOCIAÇÃO DOS CRONISTAS, POETAS E CONTISTAS CATARINENSES (ACPCC) Susana Zilli


No mês de outubro de 2011, a Associação dos Cronistas Poetas e Contistas Catarinenses participou dos seguintes eventos:

Dia 03 de outubro, presença da ACPCC na Academia Desterrense de Letras, prestigiando o Painel sobre Contos e Crônicas, tendo como palestrante o escritor Júlio de Queiroz.



Dia 08 de outubro a ACPCC se fez presente no evento Prefeitura Cidadã, com varal literário, associados atendendo ao público e entregando panfletos sobre a história da associação.



Dia 15 de outubro, presença da ACPCC no lançamento do livro Coisas de Criança, da escritora Dora Duarte, na Associação dos Moradores do Morro das Pedras.



Dia 19 de outubro, presença da ACPCC em noite de autógrafos dos livros A Volta do Contador de Histórias contos, Cora, Coração poesias, da escritora Edna Domenica Merola, às 19 horas, na Assembléia Legislativa de Santa Catarina.



Dia 20 de outubro é comemorado o Dia do Poeta, haverá o lançamento da 7ª Antologia da ACPCC, no Terminal Rodoviário Rita Maria, às 20 horas, Espaço Cultural. No evento, tivemos a participação dos cantores Rogério Waltrick e Nini De Biase, além de representantes das Academias de Letras de Biguaçu, Desterrense, Alcantarense, São José de Letras, Letras e Artes e de Governador Celso Ramos. Houve declamação de poesias dos seguintes associados: Deyse de Abreu Teodoro, poema Fragmentos de Emoções, Daniel Tolfo, poema O Poeta, Inês Carmelita Lohn, poema Diante do Mar, Célia Ribeiro, poema Arte de Viver, Paulo Berri, poema Alçando Vôo, Susana Zilli, poema Horas Sem Amor, Ana Esther, poema Antes que a Terra Caia, Simone de Jesus, poema Vício, Hiamir Polli, poema Florianópolis, Terra da Magia e Augusto de Abreu, poema Novo Mundo.

Dia 22 de outubro aconteceu a Noite Poética Josefense em homenagem ao Dia do Poeta, com declamação de poesias, música e premiações à diversas Academias de Letras e Associações Literárias, no Teatro Adolfo Mello, Centro Histórico de São José, às 20h.

sábado, 22 de outubro de 2011

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

ALMA DE POETA - Susana Zilli


Quem irá entender
a alma de um poeta,
que é capaz de chorar,
quando sorri,
que ama a vida,
os amores
e os dissabores.

Rejeita o impossível,
aceita o desafio
na sua grandiosidade.

Vive de pensamentos
e de cada momento,
restando apenas uma saudade.

FELIZ DIA DOS POETAS - Ser Poeta É - TIAGO LINO

SER POETA É... (CARTA/HOMENAGEM AOS POETAS)


Ser Poeta É

Ser poeta é mais que entender,
Ser poeta é mais que sentir,
Ser poeta é ter um dom de escrever,
O que todos querem ouvir,
Ser poeta é mais que humano,
Ser poeta é mais que normal,
Para todos nós que escrevemos o que sentimos,
De forma singela e natural...


Te digo meu dogma de vivência.
Escrever pra ti é uma honra,
Ser poeta é transformar em palavras uma grande essência.
Ser poeta é ser universo, universo sem fim,
Por tanto nunca tirem esse dom de mim,
Ser poeta é comunhão, comunhão de seres,
Que mesmo em distância faz sentir-se perto,
Apenas palavras que despertam de um amor concreto, a algo discreto...
Ser poeta é mais que poeta ser.


Quando não soubemos falar, tentamos escrever,
De nossa eterna falta de voz, faz-se um grande arsenal de versos.
Que vão desde rimas de amigas (os) até apaixonados confessos...
Ser poeta é mais que escrever,
Ser poeta é mais que sentir.

Ser poeta é um dom da vida, não se pode discutir,
Palavras serão simples palavras,
Ser poeta é olhá-las como extensão da alma.


E alma estendida é alma quebrada!
Seria um poeta um mero ser incompleto?!
Ou ao contrário, um conhecedor do universo...?!
Tanto faz um simples poeta sempre será um poeta simples em seus dizeres.


Por mais que tentem falar um poeta nunca se cansa,
Sempre haverá tempo para seus insanos versos e rimas,
Ser poeta é dominar a mente, campo infindo de perguntas,
Que o guiam em seus humildes versos de forma consciente,
Ser poeta é fazer surgir sentimentos de meros dizeres,
Ser poeta é trazer do oculto simples palavras,
Ser poeta é ser feliz,
Ser poeta é fazer feliz...!

Um dia da poesia e dos os outros do poeta,
Um salve pra todos que escrevem que forma humilde e correta,
Um olho atento para quem lê apreensivo (a),
Que se sente melhor com versos de amigo,
Um olho de cuidado pra quem lê versos que o deixam revoltado.
Um olho de pesar pra quem lê versos de dor.
Um olho de confesso para quem lê amor em verso.
Ser poeta é ser um "olho", ver o que ninguém pode,
E escrever de modo grandioso.
Ser poeta é ser único,
Ser único é ser poeta.
Portanto, o que é ser poeta afinal?


Ser poeta é ser você.
Ser poeta é ser eu.
Ser poeta é escrever.

Com um dom que Deus me deu.
Ser poeta é...
"Ser Poeta é mais que Poeta ser...
Ser Poeta é..." (Tiago Lino)

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Próximos eventos da ACPCC

20: Dia do Poeta:


lançamento da 7a Antologia da ACPCC - Centro Cultural Rita Maria - Rodoviária de Florianópolis, às 20h


22: Noite Cultural Josefense:


Teatro Adolfo Melo - Centro Histórico de São José, às 20h. Entrada franca




segunda-feira, 10 de outubro de 2011

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Júlio de Queiroz fata sobre contos e crônicas na Academia Desterrenses de Letras

Fotos do Painel sobre Contos e Crônicas, na Academia Desterrense de Letras, no dia 03/10, tendo como palestrante, o escritor Júlio de Queiroz.