quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Manhã de Primavera - Suzana Zilli

MANHÃ DE PRIMAVERA

Manhã de primavera acolhe-me,
Quero que a tua felicidade
Me embriague,
Que o teu sorriso
Me faça chorar de alegria.
Toca-me a alma,
Entrega-me as flores
Para eu te dar,
Respirando teu verde,
Deixando-me seduzir
Com a tua beleza.
Pulsando meu coração,
Lançando-me nas águas,
Fazendo-me pássaro livre
Nesta manhã de setembro.

2 comentários:

Augusto de Abreu disse...

Oi Suzana
Amei este seu verso que é um presente primaveril.
Obrigada por este momento florido e perfumado, lindo e gentil como a própria primavera.
Bjksssss
Deyse

POEMAS E POESIAS disse...

Olá Suzana que a primavera florida de hoje e sempre te traga belas inspirações como esta aí...Lindíssima. Beijos